Se ex fosse bom, Deus não mandaria amar o próximo

Se ex fosse bom, Deus não mandaria amar o próximo

Muitos de vocês já devem ter ouvido por aí a frase “se ex fosse bom, Deus não mandaria amar o próximo.” Apesar de ser um clichê, é a mais pura realidade.  Mas, antes de começar essa matéria, quero dizer duas coisas importantes. Primeiro: Você precisa enfrentar o fato do término do seu relacionamento, e por um basta nas lembranças e mensagens melosas enviadas durante o namoro.  Qual a necessidade de alimentar o que te faz mal? Segundo: Não saia por aí dizendo que não deu certo seu relacionamento e principalmente não se culpe achando que poderia ter feito diferente. Deu certo sim! O tempo que durou vocês passaram momentos maravilhosos juntos, aprenderam um com o outro e foram felizes.

Uma pesquisa realizada pela Universidade da Flórida, conduzida pela Dra. Amber Vennum, alerta que relações cíclicas deixam o casal desequilibrado e infeliz. Foram entrevistadas 979 pessoas com perguntas sobre: duração, hábitos de convivência e nível de confiança do parceiro.  Segundo o estudo, casais que vão e voltam nos famosos relacionamentos “Ioiô”, apesar de passarem mais tempo juntos, tendem a ser mais impulsivos em momentos de tomarem decisões, tem a autoestima baixa, e se comunicam menos, são inseguros e não articulam de forma clara o que querem.

Se ex fosse bom, Deus não mandaria amar o próximo

As pessoas precisam se conscientizar de que a personalidade não muda. Casais se separam porque não concordam com as atitudes um do outro, porque acabou o amor ou o tesão (ou nunca houve), porque brigam demais. E se algo incomodava tanto antes, o quanto vale a pena voltar à mesma situação?

Muitos casais voltam a namorar porque não acostumam ficar sozinhos, ou porque estão condicionados naquele círculo vicioso infeliz e desaprenderam o que é amar e ser amado, e o pior: perdem oportunidades de conhecer uma nova pessoa.

Deixe de lado o medo de amar. Não permita que os problemas do passado sejam um empecilho para tirar do seu coração toda e qualquer possibilidade de ser feliz. Não construa um falso escudo para se proteger de uma potencial transformação em sua vida. Não deixe que o medo extremado de se machucar novamente o impeça de viver relacionamentos que possam fazer a grande diferença em sua vida.

Venha conhecer sobre o Coaching e Aconselhamento Pessoal e Profissional no Instituto Denize Tarabaika

http://www.institutodenizetarabaika.com.br

Fone: (41) 9749 1978 

denizecoach@gmail.com

Atendimento só com hora marcada: R. Marehcal Deodoro, 857 – Sl. 704 Curitiba